Como usar TRANSIENT SHAPER – Punch e Sustain SEM compressor

Não é nenhuma novidade que o compressor é a ferramenta mística do áudio, por conta da gama de possibilidades e raciocínios possíveis através da combinação de seus muitos parâmetros.

Muitas dúvidas surgem na hora de pilotar o compressor, principalmente quando os usos vão ficando mais complexos. Por isso, resolvi trazer um artigo para abrir os horizontes no sentido de processamento de dinâmica de suas tracks e facilitar sua vida na hora de esculpir sons (sem querer insinuar que não é necessário dominar os compressores, claro!).

Senhoras e senhores, com vocês, Mr. Transient Shaper. Não que seja bem uma novidade. Este tipo de plugin, o transient shaper, já está no mercado há um tempo, mas talvez não tenhamos dado a devida importância ainda (confesso que tenho me aberto mais a ele nos últimos meses).

Basicamente ele analisa e divide seu transiente de áudio, dando controles de volume independentes para cada parte. Simples e fácil! Convido a assistirem o vídeo abaixo, em que falo mais sobre a teoria por trás da coisa e mostro exemplos.

Escolhi o recém lançado DS-10 Drum Shaper da XLN Audio (empresinha porreta), mas deixo claro que o raciocínio mostrado é facilmente aplicável a qualquer outro transient shaper, incluindo o Transient Monster da Stillwell que é uma opção praticamente gratuita (versão de avaliação eterna, sem limitações de funções).

Quer ser avisado do
próximo artigo? Inscreva-se!